Adolescente que pulou de carro em movimento no MA foi ameaçada por causa de problema no pagamento da corrida


O caso aconteceu na última segunda-feira, dia 30 de maio, na cidade de Imperatriz, na Região Tocantina. Motorista do carro em que adolescente se jogou é intimado em Imperatriz
A adolescente que pulou de um carro em movimento, nessa segunda (30), foi ameaçada pelo motorista de aplicativo por causa de um problema no pagamento da corrida. Ela ia em direção ao colégio quando o homem começou a proferir palavras de baixo calão e ameaçou agredi-la fisicamente.
O caso aconteceu na cidade de Imperatriz, na Região Tocantina, e foi gravado por uma câmera de segurança. A vítima, que sofreu apenas ferimentos leves, foi socorrida por outros motoristas que passavam pela avenida no momento.
Adolescente pula de carro em movimento após ser ameaçada por motorista de aplicativo no Maranhão
Reprodução/TV Mirante
Em depoimento prestado na Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente (DPCA) do município, a adolescente relatou que havia errado a forma de pagamento da corrida.
“Ela percebeu que tinha feito o pedido através do seu cartão de forma errônea e para não cancelar a chamada, ela aguardou a chegada do Uber. Assim que o motorista chegou, ela pediu para que ele aguardasse enquanto utilizava o wi-fi para fazer a mudança da forma de pagamento da corrida. Nesse momento, o motorista informou a ela que não precisaria, porque tinha internet e roteava do seu celular. Em certo momento, ele não conseguiu rotear a internet e passou a proferir palavras ofensivas contra a garota, a chamando de caloteira e coisas do tipo”, disse o Fairlano Aires, delegado da DPCA.
Ainda de acordo com Fairlano Aires, após ameaçar a jovem, o motorista de aplicativo desviou da rota a ser seguida. Quando ele entrou em uma rua que não estava no trajeto, a adolescente se desesperou e pulou do carro.
"Ele mencionou que era uma pena não estar armado com um revólver na hora, porque senão ela veria como é que se faz com esse tipo de pessoa. Em seguida ele vira uma rua e sai da rota em direção ao colégio. Nisso ela não pensou duas vezes, abriu a porta e pulou do carro”, relatou.
O motorista do veículo já foi intimado a prestar depoimento e poderá responder pelos crimes de injúria, lesão corporal e ameaça.