Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Carlos Brandão é confirmado pelo PSB como candidato ao governo do Maranhão

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
O vice-governador na chapa será Felipe Camarão e o candidato ao senado, o ex-governador Flávio Dino. Homologação da candidatura aconteceu neste sábado (30), no parque Papa João Paulo II, em...


O vice-governador na chapa será Felipe Camarão e o candidato ao senado, o ex-governador Flávio Dino. Homologação da candidatura aconteceu neste sábado (30), no parque Papa João Paulo II, em São Luís. Ao lado do ex-governador Flávio Dino e candidato ao Senado, o governador Carlos Brandão oficializa sua candidatura ao governo do Maranhão.
Paulo Soares/Grupo Mirante
O Partido Socialista Brasileiro (PSB) confirmou, neste sábado (30), o nome do governador Carlos Brandão como candidato a reeleição para o governo do Maranhão. A homologação da candidatura aconteceu durante convenção realizada no Parque Papa João Paulo II, em São Luís.
VEJA A LISTA: Candidatos ao governo do Maranhão em 2022
Eleições 2022: os pré-candidatos ao Governo do Maranhão
O vice-governador na chapa será Felipe Camarão (PT). Ao lado deles, o ex-governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), também foi anunciado oficialmente como candidato a uma vaga no Senado Federal.
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
A coligação conta com 11 partidos, sendo a maior anunciada até o momento. A chapa declarou apoio a candidatura do ex-presidente Lula a presidência do Brasil.
Convenção partidária foi realizada em São Luís
Paulo Soares/Grupo Mirante
Quem é Carlos Brandão
Carlos Orleans Brandão Júnior, tem 64 anos, é médico veterinário, empresário e político maranhense. Ele é governador do Maranhão, desde abril deste ano, e filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). Brandão é casado, tem dois filhos e é natural de Colinas, cidade localizada a 437 km de São Luís.
Brandão iniciou a vida pública em 1990, quando foi secretário-adjunto de Estado do Meio Ambiente. Em seguida, ele foi eleito deputado federal por dois mandatos consecutivos (2006 a 2010) e (2010 a 2014).
Em 2014, Carlos Brandão foi escolhido para compor a chapa, como vice-governador, da candidatura de Flávio Dino ao governo do Estado.
O político permaneceu como vice-governador entre 2015 a 2022, quando assumiu ao cargo após a renúncia de Dino, que saiu para concorrer a uma vaga no Senado. O maranhense possui passagens pelos partidos PFL, PSDB e Republicanos.
Quem é Felipe Camarão
Felipe Camarão é professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e Procurador Federal. Ele é casado, tem duas filhas e é natural do Rio de Janeiro.
Em 2005 e em 2011, ele foi diretor do Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Maranhão (PROCON/MA).
Camarão teve passagens por secretarias do ex-governador Flávio Dino. Em 2015, ele assumiu a Secretaria de Estado de Gestão e Previdência, em seguida, ficou a frente da Secretaria de Estado da Cultura. Em 2016, assumiu o cargo de secretário estadual de Educação, onde permaneceu até março deste ano.
Quem é Flávio Dino
Flávio Dino de Castro e Costa, tem 54 anos, é advogado, professor, ex-juiz federal e político. Ele é casado, tem dois filhos e é natural de São Luís. Foi governador do Maranhão entre 2015 a 2022.
Começou sua carreira como advogado e em seguida, tornou-se professor de direito constitucional da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Em 1994, foi aprovado no concurso de juiz federal, cargo que exerceu até 2016, quando deixou a carreira para entrar na política, aos 38 anos.
Dino foi eleito como deputado federal por um único mandato, entre 2007 a 2011. Também foi candidato a prefeito de São Luís, em 2008. Em seguida, assumiu a presidência da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), no governo da ex-presidente Dilma Rousseff, onde permaneceu entre 2011 a 2014.
Flávio Dino foi candidato ao governo do Maranhão em 2010, mas não foi eleito e se candidatou novamente em 2014, onde foi eleito ao lado de Carlos Brandão. Ele permaneceu no cargo entre 2014 a 2022, mas renunciou ao cargo em abril, para poder concorrer ao Senado Federal.
Em sua trajetória, ele também foi presidente da Associação Nacional de Juízes Federais (Ajufe) e foi secretário-geral do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
Apoio
Partidos que definiram apoio a Carlos Brandão:
PT
PC do B
PV
Cidadania
PP
MDB
Avante
Patriota
Podemos
PSDB

Deixe sua Opinião

Ultimas Noticias

Siga a Gente

--:--
--:--
  • cover
    Rede Mano Santana
  • cover
    Mirante FM