CREAS recebe 50 denúncias de abuso sexual contra crianças em Imperatriz


Das 163 denúncias de abuso sexual em 2021, 50, até o momento, foram voltadas para o abuso sexual contra crianças e adolescentes, de acordo com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social. CREAS recebe 50 denúncias de abuso sexual contra crianças em Imperatriz
Das 163 denúncias de abuso sexual em 2021, 50, até o momento, foram voltadas para o abuso sexual contra crianças e adolescentes, de acordo com o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), em Imperatriz, a 626 km de São Luís. Para combater esse crime foi lançada a "Semana de Enfrentamento do 18 de Maio" na cidade.
Segundo a coordenadora do CREAS de Imperatriz, Aretuza Lopes, é importante que a sociedade denuncie. Ela ressalta que as denúncias podem ser feitas sem que seja preciso fazer a identificação. "A gente tem o Disque 100, que você pode denunciar e também você não precisa se identificar. A gente precisa muito que a população se conscientize para que as nossas crianças não sofram tanto”.
Nesta segunda-feira (18) é lembrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil no Brasil
Reprodução/TV Gazeta
Além do Disque 100, a coordenadora ainda diz que o abuso pode ser denunciado também por meio da Delegacia da Criança e do Adolescente, nos CREAS e nos nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). “As denúncias podem ser feitas na Delegacia da Criança e do Adolescente. Elas podem ser feitas através do Disque 100, podem ser feitas no Centro de Referência Especializado de Assistência Social, o CREAS, podem ser feitas também nos CRAS, em qualquer local. O importante é que a denúncia seja feita para o órgão competente”.
Programação
De acordo com Aretuza Lopes, durante a "Semana de Enfrentamento do 18 de Maio" em Imperatriz vai acontecer uma vasta programação, onde serão debatidos assuntos ligados ao e exploração sexual de crianças e adolescentes.
“Nossa programação vai iniciar a partir das 14h no auditório da OAB e nós teremos uma vasta programação voltada para o tema da ‘Semana de Enfrentamento do 18 de Maio’, que é a semana que a gente fala um pouco sobre o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes”, revelou a coordenadora do Centro de Referência Especializado de Assistência Social.
Ela diz que além do trabalho realizado pelo CREAS em Imperatriz e na zona rural do município, a semana também vai contar com a colaboração da Defensoria Pública do Maranhão. "Vamos também para a zona rural para gente atingir o maior público possível para falar do tema e vamos encerrar na Vila Conceição, juntamente com a Defensoria Pública”.