Justiça expede mandado de prisão contra empresário que matou esposa em Dom Pedro; ele segue foragido

A juíza Cynara Elisa Gama Freire, titular da 2ª Vara da Comarca de Presidente Dutra, expediu, nesse domingo (1º), mandado de prisão contra o empresário Rony Veras Nogueira, de 41 anos, que matou a esposa, Ianca Amaral, de 26 anos, na cidade de Dom Pedro, a 321 km de São Luís.


O pedido feito pela Polícia Civil e atendido pela juíza, que estava de plantão durante o feriado. O empresário assassino continua foragido.

O crime ocorreu na noite de sábado (30), por volta de 22h, na residência do casal, localizada na Avenida Gonçalves Dias, no centro da cidade.

Após uma discussão, o empresário disparou dez tiros contra a esposa, que ainda tentou fugir, mas não conseguiu se esquivar dos disparos e morreu no local.

Após matar a esposa, Rony Veras se trancou em um dos quartos da residência. Devido à demora na chegada de reforço policial da cidade vizinha, o empresário terminou fugindo pelo quintal da casa.

Rony Veras e Ianca Amaral se casaram em 2021 e tinham uma filha ainda bebê. Ele é dono do Posto e Churrascaria Royal localizado às margens da BR-135 em Dom Pedro.

Fonte: Blog do Gilberto Lima