Maranhão registra queda de 47% no número de mortes em maio em relação ao mesmo período de 2021


Balanço foi divulgado nesta quarta-feira (1º). Ao todo, foram registrados 83 acidentes em rodovias federais do Maranhão. PRF
Jornal Nacional/ Reprodução
Um levantamento da Polícia Rodoviária Federal (PRF-MA) divulgado nesta quarta-feira (1º), apontou que houve uma redução de 47% no número de mortes no mês de maio, em relação ao mesmo período do ano passado. O período registrou 83 acidentes, sendo que nove pessoas morreram e 81 ficaram feridas.
O mês de maio, quando comparado com o mesmo período de 2021, também apresentou uma redução de 19% no número de feridos e 11% de queda na quantidade de acidentes.
Ao todo, 32 mil pessoas foram atendidas em ações de educação para o trânsito no Maranhão, parte delas durante a campanha 'Maio Amarelo', que tem como objetivo a redução de acidentes e mortes no trânsito.
Segundo a PRF, 12.051 pessoas que transitavam pelas rodovias federais do Maranhão foram fiscalizadas e 9.341 veículos. Na fiscalização de trânsito, 14 pessoas foram detidas por embriaguez e 91 por alcoolemia.
Também foram registrados 451 casos de condutores ou passageiros que não utilizavam capacete, equipamento de uso obrigatório, cerca de 20% a menos do que foi registrado em abril deste ano.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, 111 casos de condutos ou passageiros sem cinto de segurança foram registrados, 57 crianças sem dispositivo de retenção (DRC) e 324 ultrapassagens proibidas, uma queda de 21% em relação ao mês passado.
Apreensões
A PRF também atuou contra crimes de ambientais e no combate ao tráfico de drogas. Foram apreendidas 870 kg de cocaína, 206 kg de maconha e 569,86 metros cúbicos de madeira ilegal.
Ações
A corporação também realizou ações educativas e palestras em alguns municípios do Maranhão, como Imperatriz, Balsas e Caxias, 23.158 pessoas nos três municípios foram alcançadas.
Durante o período, também foi realizado o Cinema Rodoviário, em empresas, associações, escolas e nas ruas, em parceria com outros órgãos como o DETRAN, Polícia Militar e órgãos de trânsito municipais.
A corporação também atuou em campanhas durante o mês de maio, como o ‘Maio Laranja’, em alusão ao combate à exploração sexual infantil e de adolescentes. A PRF, em parceria com a Polícia Militar e conselhos tutelares, executou a sétima edição da Operação Oneesca, de identificação e fiscalização de pontos de vulnerabilidade para a exploração sexual de menores.