Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Meteorologistas explicam constância de fortes chuvas no mês de agosto em São Luís

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Fenômeno tem chamado a atenção dos moradores da capital. Meteorologistas explicam fortes chuvas no mês de agosto em São Luís Reprodução/TV Mirante Nos últimos dias, na transição entre os meses de julho...


Fenômeno tem chamado a atenção dos moradores da capital. Meteorologistas explicam fortes chuvas no mês de agosto em São Luís
Reprodução/TV Mirante
Nos últimos dias, na transição entre os meses de julho e agosto, a incidência de fortes chuvas na Região Metropolitana de São Luís tem causado estranheza na população. A variação de clima, no último domingo (31), com um volume de chuva em 20 milímetros, é considerada inusual em um período historicamente associado à transição entre as chuvas mais fortes, nos primeiros meses do ano, e o clima ensolarado, a partir do segundo semestre.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
De acordo com especialistas em meteorologia do Núcleo de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), as fortes chuvas, em São Luís e na Baixada Maranhense – registradas em vídeos que circularam na web nos últimos dias -, representam uma situação atípica na dinâmica do clima no estado.
Segundo a meteorologista da Uema, Andréa Cerqueira, trata-se de uma oscilação climática fora do normal por razões relacionadas à condição atmosférica no litoral.
“Isso não é muito normal dentro da climatologia do litoral. Então, o que tem acontecido: essas chuvas, nos últimos dias, vêm ocorrendo em função da instabilidade que vem do Oceano Atlântico para nós, e encontram um combustível ideal, que são as temperaturas elevadas. Juntamente com forçantes atmosféricas elevadas, de grande escala, estamos vivendo um período de dias consecutivos com chuvas, em função dessa condição atmosférica atual”, disse.
Clima tende a ser mais ameno no segundo semestre, de acordo com o Núcleo de Meteorologia da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).
Paulo Soares/O Estado
O Núcleo de Meteorologia da Uema inclui, em previsões referentes ao clima, no Maranhão, durante o mês de agosto, a estabilização de temperaturas elevadas. Andréa Cerqueira, contudo, não descarta episódios isolados de chuva.
“Nós temos uma perspectiva que o mês de agosto, as chuvas, ao longo do dia, vão perdendo mais força. Não podemos descartar eventos isolados, mas, climatologicamente, o mês de agosto é um mês inicial do período seco. Então, gradativamente, a atmosfera vai entrando em um condicionamento para entrar, de fato, no período seco, com auge nos meses de setembro e outubro”, concluiu.

Deixe sua Opinião

Ultimas Noticias

Siga a Gente

--:--
--:--
  • cover
    Rede Mano Santana
  • cover
    Mirante FM