Share on facebook
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Morre o jornalista, radialista e empresário Fernando Júnior em São Luís

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email
Share on telegram
Ele lutava contra um câncer de próstata e morreu nesse domingo (24) na capital; Fernando Júnior tinha 68 anos de idade e nos anos 80 e 90 atuou nas emissoras...


Ele lutava contra um câncer de próstata e morreu nesse domingo (24) na capital; Fernando Júnior tinha 68 anos de idade e nos anos 80 e 90 atuou nas emissoras de rádio e TV de São Luís. Morre o jornalista, radialista e empresário Fernando Júnior em São Luís
Reprodução/TV Mirante
Morreu nesse domingo (24), em São Luís, vítima de câncer, o radialista, jornalista e empresário Fernando Júnior.
Fernando Júnior tinha 68 anos de idade e nos anos 80 e 90 atuou nas emissoras de rádio e TV de São Luís. Ele foi repórter, apresentador e comentarista esportivo. Ele também foi diretor da Rádio Timbira de São Luís.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Nos anos 1990, ele passou a atuar no ramo de pesquisa, como proprietário da Escutec, empresa de pesquisas de opinião pública. Fernando Júnior estava internado em um hospital da capital, onde lutava contra um câncer de próstata descoberto há cerca de um ano.
Por meio de nota, a Assembleia Legislativa do Maranhão Lamentou a morte do radialista, jornalista e empresário Fernando Júnior. Em nota, o órgão frisou também a carreira na área da Comunicação de Fernando Júnior e a sua atuação no Instituto Escutec, que virou referência em pesquisa eleitoral no Maranhão. Por fim, a nota presta condolências aos familiares e amigos de Fernando Júnior.
Leia a íntegra da nota
"A Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão lamenta, com profundo pesar, o falecimento do jornalista e radialista Fernando Júnior, 68 anos, dono do Instituto Escutec, ocorrido neste domingo (24), em São Luís. Fernando Júnior começou sua carreira no radialismo da Educadora, sendo um dos mais promissores repórteres esportivos no final da década 70 e início de 80. Na rádio Timbira, consolidou-se como comentarista esportivo e, em 1994, decidiu criar o Instituto Escutec, que virou referência em pesquisa eleitoral no Maranhão. Neste momento de pesar, a Assembleia Legislativa presta condolências aos familiares e amigos de Fernando Júnior, desejando forças para que superem a dor da imensurável perda".

Deixe sua Opinião

Ultimas Noticias

Siga a Gente

--:--
--:--
  • cover
    Rede Mano Santana
  • cover
    Mirante FM