Ônibus do Parque Alvorada quebra pela segunda vez em 24 horas 

No fim da tarde de hoje (25), um ônibus da linha 817, que faz a rota entre os bairros Parque Alvorada e Ouro Verde, quebrou pela segunda vez em 24 horas, na Rua Urbano Santos, no Centro de Imperatriz. Segundo passageiros, esse é o mesmo ônibus que quebrou ontem. Segundo passageiros, esse é o mesmo ônibus que estava quebrado ontem à noite na BR-010, pois é o mesmo número do outro, “319”.

A passageira, que gravou o vídeo, questiona se o ônibus realmente foi removido para manutenção, já que estava rodando quando quebrou de novo. A equipe do Imperatriz Online procurou a empresa Ratrans, que informou que outro ônibus foi deslocado para o local. Confira a nota na íntegra:

“A RATRANS informou, por meio de nota, que de fato um de seus veículos apresentou problemas, que impossibilitaram o cumprimento da viagem. Um outro veículo foi deslocado para suprir esta falha. É importante ressaltar que quando há algum risco de segurança para os passageiros, o veículo é retido, e não pode trafegar nas vias; já quando os problemas não interferem na segurança dos passageiros, como um ar condicionado pingando, a empresa mantém a operação e efetua o reparo no recolher do veículo, no final da operação. Com relação a bancos quebrados, há três vistorias diárias na frota para minimizar esta possibilidade. Por fim, a empresa lamenta o ocorrido, e enviará esforços para minimizar este tipo de transtorno para os seus passageiros.”

Relembre o primeiro caso:

Um ônibus da linha 817, que faz a rota entre os bairros Parque Alvorada e Ouro Verde, quebrou no final da tarde de terça-feira, na BR-010, em Imperatriz. Os passageiros tiveram que descer e esperar o próximo passar, mas, segundo uma passageira, não coube todas as pessoas e tiveram que esperar novamente.

Por causa disso, os passageiros também reclamaram da superlotação e uma estudante relatou, que estava indo atrasada novamente para a aula por causa de problemas na linha. A equipe do Imperatriz Online também procurou a empresa Ratrans, confira a nota na íntegra:

“A RATRANS informou, por meio de nota, que de fato um de seus veículos apresentou problemas, que impossibilitaram o cumprimento da viagem. Um outro veículo foi deslocado para suprir esta falha. Quando há algum risco de segurança para os usuários, o veículo é retido, e não pode trafegar nas vias. Por fim, a empresa lamenta o ocorrido, e enviará esforços para minimizar este tipo de transtorno para os seus usuários.”