Paciente reclama da falta de médico na UPA do São José

Um homem teve seu dia marcado por uma grande espera, enquanto aguardava atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro São José, em Imperatriz. Ele procurou a unidade, pois estava sentindo fortes sintomas de gripe e mal-estar.

Segundo ele, no momento que chegou à unidade, na sala em específico para pessoas com sintomas gripais, não havia nenhum médico. Horas depois de esperar, uma segunda paciente com os mesmo sintomas chegou ao local, que contou a ela que não havia sido atendido, e nem sequer tinha médico.

Quando pensava em procurar a unidade da Bernardo Sayão, no mesmo instante, uma servidora do hospital chegou e disse: “O senhor pode ficar à vontade e procurar outra unidade”. Assim, o paciente saiu do pronto atendimento do São José, e se deslocou até a UPA da Bernardo Sayão, no qual, foi atendido no período da tarde, das 14h às 18h:30.

O enfermo reclama que além da falta de médicos, há um completo despreparo e falta de humanidade dos profissionais da UPA do São do José.

Entramos em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde e aguardamos o retorno.