Passageiros denunciam más condições do transporte público na Grande São Luís


O estado de má conservação dos veículos pode levar a ocorrência de acidentes. Passageiros reclamam das condições dos ônibus urbanos e semi-urbanos na Grande Ilha
Passageiros denunciam a situação de precariedade das linhas de ônibus urbanas e semiurbanas, em circulação na Região Metropolitana de São Luís. O estado de má conservação dos veículos pode levar a ocorrência de acidentes.
Falta de para-brisas, assentos em estado de fragilidade e pneus ‘carecas’ são alguns dos problemas apontados por passageiros durante as viagens no transporte público da capital. Em horários de pico, com um maior número de pessoas em deslocamento, o desconforto e a superlotação se somam à vulnerabilidade da estrutura dos ônibus.
Má conservação dos ônibus incomoda passageiros em São Luís
Reprodução/TV Mirante
A auxiliar de serviços gerais, Cássia Diniz, explica que a sua rotina diária no transporte público se alterna entre a indignação e a frustração. Os ônibus, segundo ela, costumam registrar viagens incompletas, regularmente, com pausas em trechos da cidade, ocasionados por problemas operacionais.
“Horrível os ônibus caindo aos pedaços; a coisa mais horrível que existe. Só ônibus velho, que dá prego no meio do caminho. Isso é constante […]’’, disse.
Na última segunda-feira (31) um ônibus, com alguns dos pneus ‘carecas’ e o outro pneu furado, foi flagrado realizando transportes, normalmente. Após a denúncia, feita pela equipe de jornalismo da TV Mirante, agentes de trânsito realizaram a apreensão do ônibus e o encaminharam ao pátio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).
Problemas no transporte público da Grande Ilha
As linhas de ônibus semiurbanos, que trafegam na Grande São Luís, entre a capital e os municípios de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa, também registram problemas semelhantes quanto à falta de estrutura adequada. A Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos do Maranhão (MOB), no entanto, é quem fiscaliza o estado dos veículos.
Passageiros denunciam más condições do transporte público na Grande São Luís
Reprodução/TV Mirante
Segundo informações dos passageiros, o monitoramento ineficaz dos ônibus torna possível a circulação dos veículos mais precários para o transporte de pessoas. A educadora Ana Lourdes Ribeiro se queixa do período de atividade de boa parte dos ônibus, que já não atendem os requisitos de segurança adequados.
“Todos (ônibus) velhos, a maioria. Tinha que ter manutenção […] nós estamos muito mal atendidos”, concluiu.