Polícia prende suspeitos de passar e receber respostas de concurso por WhatsApp, em Buriticupu

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, juntamente com a Delegacia Regional de Polícia de Buriticupu, com apoio das Delegacias de Polícia de Arame e Bom Jesus das Selvas, no sudoeste do Maranhão, realizou a prisão de 5 pessoas no município de Buriticupu. Os suspeitos foram apreendidos pelo crime de fraude de interesse público como previsto no art. 311-A, do Código Penal.

Os policiais conseguiram realizar as prisões e desmanchar o esquema, que passava respostas pelo aplicativo de mensagens WhatsApp, a algumas pessoas que estariam fazendo o concurso público do município de Buriticupu, através de informações recebidas.

Segundo a Polícia Civil, o homem, líder do esquema, é natural do Estado do Piauí e estava hospedado no local onde a prova do concurso iria acontecer no município. O suspeito foi preso no momento em que estava saindo da Unidade de Ensino, onde estava sendo vigiado pelos policiais, ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Buriticupu para realizar os procedimentos legais.

O delegado afirma que o homem se inscrevia nos concursos públicos do Maranhão e ia pessoalmente realizar as provas, assim passando as respostas para outras pessoas, ele cobrava o valor de R$ 3.000,00 para passar as mensagens com as alternativas corretas.

Além do suspeito, mais 4 mulheres foram encaminhadas para a delegacia após ter contratado os serviços do homem, mas não chegaram a receber respostas do concurso público, gerando maior prejuízo aos concurseiros.