Preso em São Luís outro suspeito de participar da morte de bombeiro aposentado do Amazonas


O suspeito foi preso, nesta quarta-feira (8), após uma determinação judicial. A vítima foi morta em maio no bairro Maracanã, localizada na zona rural de São Luís. Sede da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) em São Luís.
Gilson Teixeira.
A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (8), mais um homem suspeito de participar da morte do sargento aposentado do Amazonas, Vicente da Silva Gomes, de 70 anos. A vítima foi morta em maio no bairro Maracanã, localizada na zona rural de São Luís.
O suspeito foi preso após uma determinação judicial. Em seguida, ele foi apresentado na sede da Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoa (SHPP), onde prestou esclarecimentos e em seguida, seguiu para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Outro suspeito de participar do crime foi preso em 30 de maio.
O crime
Na noite dessa segunda-feira (2), o sargento aposentado do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas Vicente da Silva Gomes, de 70 anos, foi morto durante o assalto a uma residência, no Residencial Maracanã, em São Luís.
Segundo informações da Polícia Civil do Maranhão, por volta das 19h, três homens armados invadiram a casa do sargento e anunciaram o assalto. Os vizinhos da vítima viram a movimentação dos criminosos e entraram na casa após os assaltantes saírem, para ver como o sargento estava.
Os populares afirmaram à polícia, que encontraram Vicente da Silva já sem vida, deitado no chão e próximo a cabeça do bombeiro havia um fio elétrico e uma toalha, indicando que, possivelmente, a vítima teria sido morta por estrangulamento.
A polícia foi acionada, e homens do 21º Batalhão de Polícia Militar foram até ao local para averiguar a situação. Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militares do Maranhão também esteve no local e constatou que a vítima não apresentava mais sinais vitais.